Devocional Diário

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Obrigado Senhor!!! Aleluiaaaaaa!!!

O Senhor é bom!
iuuuuuurrrrrruuuul!!!!!!

CELEBRAI com júbilo ao SENHOR, todas as terras.
Servi ao SENHOR com alegria; e entrai diante dele com canto.
Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; 
somos povo seu e ovelhas do seu pasto.
Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; 
louvai-o, e bendizei o seu nome.
Porque o SENHOR é bom, e eterna a sua misericórdia; 
e a sua verdade dura de geração em geração.
(Salmos 100)

\o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ \o/
Eu bem sei que Ele não precisa fazer nada pra expressarmos nossa gratidão.
Mas hoje em especial, quero louvar o seu Santo e Poderoso nome com essa canção.
Ele é lindo, amoroso, zeloso, bondoso, manso, paciente, alegre...
ai ai ai
Como ele cuida de cada detalhe de nossas vidas.
Sou grata a ele por cuidar de nossas famílias tão bem.
Não existem palavras pra expressar nossa gratidão quando nossas orações são atendidas.
Ficamos por vezes perplexos com a forma que Ele faz tudo acontecer sobrenaturalmente natural.
hehehe
Papai do céu se garante!
Se você está hoje com seu coração mais grato ao Senhor seu Deus,
Louve a Ele!
Declare seu amor por Ele!
Deixe o mundo ouvir seu coração por Ele!
Mesmo você que está esperando algo Dele em oração, por fé agradeça!
Aleluia!!
Glória ao Cordeiro de Deus!
hehehe

Um abração,
Lindsay Rosa

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Não desperdice sua Vida!!!







A realidade de Deus e a centralidade de Cristo.














A realidade de Deus e o poder do amor.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Não à tentação!!!



“Não sabemos quando a tentação virá, mas podemos orar antecipadamente que Deus não nos deixe cair nela. Em vez de esperar diariamente que a tentação venha, devemos orar para que o Senhor não nos deixe cair nela. Somente o que o Senhor permite pode vir a nós. De outro modo, estaríamos tão ocupados em lutar contra a tentação do alvorecer até o escurecer que não teríamos tempo para fazer qualquer outra coisa. Precisamos pedir ao Senhor que não nos deixe ir na direção da tentação, para que não encontremos aqueles que não devemos, nem nos deparemos com as coisas que não deveriam nos acontecer. Esse é um tipo de oração protetora.” Watchman Nee
Tiago 1:12-15
12 Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam. 13 Ninguém, ao ser tentado diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. 14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça(Mt 5:28), quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.
1 João 2:15-17
15 Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; 16 porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. 17 Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.

Deus pode permitir que sejamos tentados, ou postos à prova, mas Ele nunca colocará diante de nós seduções, para nos conduzir à tentação, que sejam mais fortes do que possamos suportar.

1 Co 10:1-13
1 Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos sob a nuvem, e todos passaram pelo mar, 2 tendo sido todos batizados, assim na nuvem como no mar, com respeito a Moisés. 3 Todos eles comeram de um só manjar espiritual 4 e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo. 5 Entretanto, Deus não se agradou da maioria deles, razão por que ficaram prostrados no deserto. 6 Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram.7 Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles; porquanto está escrito: O povo assentou-se para comer e beber e levantou-se para divertir-se. 8 E não pratiquemos imoralidade, como alguns deles o fizeram, e caíram, num só dia, vinte e três mil. 9 Não ponhamos o Senhor à prova, como alguns deles já fizeram e pereceram pelas mordeduras das serpentes. 10 Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador. 11 Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado. 12 Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia. 13 Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.

Medite nisso!
Deus te abençoe!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Compromisso


"Compromisso é a forma, pública ou não, de se vincular ou assumir uma obrigação com alguém, com algum objetivo. Há diversos tipos de compromissos, como por exemplo: compromisso religioso, compromisso amoroso, compromisso de negócios. Compromisso é, portanto, uma responsabilidade adquirida em virtude de uma afirmação verbal ou escrita, feita por nós mesmos.
A expressão "ter um compromisso" significa estar ocupado em uma data, ou ter um vínculo ou acordo com alguém.
A palavra deriva de "promessa", ou seja, "com promessa". Quer dizer que quando há um compromisso há uma promessa." fonte: wikipédia

Você tem um compromisso com Deus?
....
"Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens." Cl 3:23

Compromisso gera mudança!
Sabemos quando uma pessoa tem um compromisso com Deus. As mudanças são inevitáveis.
As coisas rompem na nossa vida, ministerialmente, financeiramente, emocionalmente e etc
Um exemplo de compromisso é uma relação saudável de um homem com uma mulher.
Eles se conhecem e a partir dali surge um compromisso.
Eles selam o compromisso com o casamento.
Depois tudo muda!
Duas vidas juntas que geram outras vidas!
Isso é o milagre da vida!
Vida gerando vida!

Em nossa vida com Deus não é diferente!
Nós o conhecemos e fazemos com ele um compromisso de fé e amor pra sempre.
E a partir daí, os filhos espirituais começam a ser gerados.
Nossa união com o Criador nos faz conceber aquelas pessoas as quais iremos cuidar.
Intimidade!
É isso!
Compromisso!

O compromisso com Deus diz respeito a todas as áreas da nossa vida.
Deixamos de fazer as coisas só pra Ele, para fazer com Ele.
Tudo rompe!
Deixamos de ir pra igreja só pra ocupar um lugar.
Passamos a servi-lo por amor, não por obrigação, ou pelo que Ele pode nos dar.
Cura, libertação, transformação, com certeza farão parte da nossa vida.
O nosso testemunho irá ser instrumento de edificação para muitas outras pessoas.
É um compromisso que vale muito a pena!

Pense nisso!
Decida hoje, agora, ter um compromisso sério com o Senhor, porque através desse compromisso, dessa aliança, é que virão os filhos, e que sua vida vai romper!
É necessário entrega total ao Amado para que aconteça o milagre da vida!
Em uma relação entre marido e mulher os filhos só virão através da entrega de um ao outro.
Sem entrega não há prazer, não há gestação, não há vida!

Receba a vida de Deus!
Tenha um encontro com Ele e deixe sua vida em Suas mãos!

Abração, 
Lindsay Rosa

A Música do céu!!!

 

Saudades do céu!
Quero ouvir a canção de céu!
Eu sou do meu amado e Ele é meu!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Barrabás!!!!!

Barrabás: de origem aramaica = “filho de um pai ou mestre” 
Judeu rebelde preso pelos romanos sob a acusação de homicídio (Mt 27.16; Mc 15.7). Os sacerdotes persuadiram Pilatos para que o deixasse em liberdade e não a Jesus (Mt 27.17,20; Lc 23.18).


Ao ler o texto de Lucas 23:13-25 veio a mim um tal sentimento de vergonha.
Pode parecer um tanto quanto louco, mas me vi ali, no lugar de Barrabás.
Ele era culpado!
Enquanto que Jesus, o próprio Pilatos não achou culpa nele e tentou de alguma forma livrá-lo da morte.
Mas...
A história todos nós já sabemos.

Talvez este seja um dos grandes problemas.
Sabermos...
Assistimos filmes, peças teatrais, e etc, mas dificilmente paramos diante da Cruz.
Sabemos do Cristo que morreu, conhecemos sua história, até choramos...
Mas será que aplicamos em nossa vida a Cruz?
Não estou dizendo que devemos agora nos entregar e procurar uma cruz pra sermos pregados. Não! Não! Nem poderíamos! Tão pecadores que somos ou fomos, não valeria a pena.
A Justiça só poderia vir de um justo.
O perdão dos pecados só através de um sangue limpo.
Jesus ao contrário de Barrabás era inocente; santo; puro!!!
Não havia nele pecado algum!
Cordeiro Santo de Deus.

No livro do profeta Isaías (53) ele descreve a obra da Cruz.
"ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si...
Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."
Jesus tomou o lugar que era meu e seu, para nos dar uma vida digna, completa, cheia Dele.

Barrabás!!!! Barrabás!!!
Aquela Cruz era pra ser sua!
Jesus tomou o lugar que era seu!
Ele era Deus, e mesmo sabendo disso não teve por usurpação ser igual a Deus. Pelo contrário, se esvaziou, desceu até aqui, tomou forma de homem e foi obediente até a morte, morte de Cruz. (Fp 2:5-8)
Não menospreze a mensagem da Cruz!
Aplique-a na sua vida!
Receba e entenda o que Jesus fez!
"Porque Deus amou o mundo, de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (Jo 3:16)
Tudo foi por amor!
Ele escolheu a Cruz pra que você O escolhesse.
Tanto amor assim não há em ninguém. Ninguém nos ama como Ele.
Me ver como Barrabás me levou a compreender a Cruz mas profundamente.
Um inocente no lugar de um pecador!
Talvez você lendo essas linhas não consiga absorver tudo que estou tentado de passar.
Mas sabe de uma coisa, a experiência é única e pessoal. 
A melhor coisa que já fiz na minha vida foi ter um encontro verdadeiro, com o Deus o verdadeiro.
Ele me faz viver!
Ele me faz ser!
Ele me faz e me refaz sempre que necessário.

Eu oro pra que você tenha seu Encontro com o Deus verdadeiro!
Não com uma religião ou com rituais que se dizem religiosos.
Mas que você tenha um Encontro com o Pai!
"Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai; que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque o não conhece a ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque, assim como é, o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade, porque o pecado é iniquidade. E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado. Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu. Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." (1 Jo 3:1-8)

Ele já fez tudo por nós!
É hora de fazermos valer a pena a sua obra.

"Amada minha eu morreria de novo naquela cruz, só pra ter o seu coração!"

Deixe Ele ter seu coração!


A paz de Cristo,
Lindsay Rosa


terça-feira, 22 de outubro de 2013

Satura-me

Essa canção é apenas um grito de minh'alma!
Satura-me Senhor de ti!
O que eu preciso é do Senhor!

domingo, 29 de setembro de 2013

É por amor...



Não gosto muito de ficar expondo experiências minhas com Deus na internet mas...
Senti em meu coração o desejo de compartilhar algo que sonhei de sábado pra domingo.
Creio que foi algo vindo da parte de Deus pra edificar nossas vidas.



Foi assim...
Eu sofria um acidente de carro e morria instantaneamente.
De repente, eu já me via subindo ao céu em uma bola de luz.
Na subida ouvi uma voz que me perguntou se eu queria voltar ou continuar.
Eu olhava pra baixo e podia ver que o acidente tinha sido muito grave e eu sofreria demais por causa dos ferimentos.
Então rapidamente respondi que eu queria continuar subindo.
Só pedi pra voz avisar lá embaixo que eu estava indo para um bom lugar, que eu iria ficar bem melhor.
Quando eu estava chegando próximo das nuvens eu vi o Filho Jesus e o Espirito Santo.
Quando eu passei entre Eles eu pudi ouvir a voz de Deus Pai dizendo que já queria vir e destruir com tudo.
Eu tive a sensação de que Deus tinha se levantado do trono decidido a fazer algo.
Eu senti a ira de Deus contra o pecado no mundo.
Nessa hora, Jesus falava, "não!", "espere mais um pouco Pai!" e colocava a mão no coração e baixava a cabeça.

Foi muito forte pra mim esse sonho.
Eu senti tremendamente a ira de Deus e a tristeza no coração de Jesus, ao mesmo tempo que senti um grande amor Neles.
Deus não é mal, claro que não, mas na Bíblia está escrito que Ele é Santo e que não suporta o pecado. 
Ele expressa seu amor de Pai através de seu Filho Jesus.
Ele não vai fazer hoje como fez com Sodoma e Gomorra, ou no Dilúvio, ou como ele dava direções para que povos e cidades fossem destruídos por causa do pecado.
Como Deus Pai, ele quer o melhor para seus filhos.
E Jesus, sabe exatamente o que é viver nesse Mundo.
Mas é por amor a mim e a você, por amor a humanidade, que Ele não destrói tudo de uma vez.
"Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos,
pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a sua fidelidade!" Lm 3:22,23

Eu não quero pecar porque não preciso, ou porque é errado.
Eu não quero pecar,  porque isso entristece o coração de Jesus.
Não fomos feitos para o pecado.
O pecado dever ser um acidente em nossas vidas.
Fomos feitos a imagem e semelhança do Senhor.
Pela salvação de Jesus podemos ter uma vida completa e eterna.

"Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível sem mácula que não desvanece, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo. Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo; a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria inexprimível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma." 1 Pedro 1:3-9

Vamos buscar agradar o coração do Pai!
Ele nos ama e isso nunca vai mudar!
Prossigamos em busca da eternidade com Ele!
Quem recebe o Filho Jesus, tem o Pai!
Então...

A escolha é a sua!
A escolha é nossa!

Abração,
Lindsay Rosa

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

O que você é, Fã ou Discípulo?


Fã (do inglês: fan [fæn], de fanatic, Fanático“) é uma pessoa dedicada a expressar sua admiração por uma pessoa famosa, grupo, ideia, esporte ou mesmo um objeto inanimado (por exemplo, um automóvel ou um modelo de computador).
Discípulo é aquele que segue outrem em suas ideias, atitudes, posições ideológicas e determinações existenciais. Resumindo discípulo é aquele faz tudo o que seu mestre quer e crer em tudo o que ele diz e tem o desejo de ser igual ao seu mestre.


É nítida a diferença entre os dois. Mas irei citar algumas mesmo assim.
O fã admira com dedicação;
O discípulo, segue de coração.
O fã conhece tudo sobre seu ídolo, mas ele não o conhece;
O discípulo, anda com seu mestre e ele o chama de amigo.
O fã sabe até onde o ídolo mora, e até a comida que ele gosta;
O discípulo, come na mesa com o mestre.
O fã se veste como o ídolo;
O discípulo, age como o mestre.
O fã adoece pra ver o ídolo, e as vezes paga caro por algumas horas só pra vê-lo de longe;
O discípulo é curado por seu mestre e ele pode estar com ele as 24 horas do dia.
O fã morre pelo ídolo;
O discípulo recebe vida através da morte do seu mestre.

12 O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. 13 Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. 14 Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. 15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. 16 Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. 17 Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros. [João 15:12-17]

Eu não sou quem eu deveria ser, mas também não sou mais quem eu era.
O Senhor tem me transformado a cada dia.
Eu não quero ser uma admiradora da obra de Jesus.
Eu quero ser sua discípula!
Sei que existe um preço, mas vale a pena!
Com o diabo é que eu não vou ficar, mesmo!


Pense sobre isso!
Existem muitos fãs do evangelho por aí!
Não seja mais um!

abração,
Lindsay Rosa

terça-feira, 3 de setembro de 2013

O quarto

Normalmente eu não compartilho os meus sonhos, mas eu gostaria de falar sobre um que mexeu muito comigo.

Como cristãos, nós “sabemos” certas coisas como “Jesus me ama” e “Cristo morreu pêlos pecadores”. Nós já ouvimos estas frases inúmeras vezes, mas a poeira da familiaridade pode ofuscar a glória destas verdades simples. Temos que tirar o pó e nos lembrar do poder que elas possuem, capaz de transformar vidas.
Um sonho que tive numa noite úmida ao visitar um pastor em Porto Rico me fez lembrar destas verdades. Ele resumia o que Jesus Cristo fez por mim e por você.
Eu o compartilho aqui pois precisamos de nos relembrar da graça de Deus, após um capítulo sobre a importância de lutar pela pureza. Para alguns, inclusive eu, uma discussão so­bre a pureza é um exercício de remorso – ela nos lembra da nossa impureza e das vezes em que falhamos.
Talvez você tenha estragado tudo. Talvez você reflita nas ações passadas e estremeça de remorso. A pureza parece ser uma causa perdida. Este sonho, chamado de “O Quarto”, é dedicado a você.

O Quarto

Naquele estado entre estar acordado e estar sonhando, me encontrei em um quarto. Não havia nada que chamasse a atenção exceto por uma parede coberta de arquivos de gaveta com fichas. Eles eram como aqueles de biblioteca que listam os livros por autor ou assunto em ordem alfabética. Mas estes arquivos, que iam do chão ao teto e pareciam não ter fim em cada lado, tinham cabeçalhos muito diferentes. Ao me aproximar da parede de arquivos, o primeiro a me chamar a atenção foi um intitulado “Garotas de quem eu gostei”.

Eu o abri e comecei a passar o olho nas fichas. Rapidamente eu fechei a gaveta, chocado pelo fato de reconhecer os nomes que estavam escritos em cada ficha.
E então sem ninguém me contar, eu soube exatamente onde estava. Este quarto sem vida com os seus pequenos arquivos era um sistema de catalogação da minha vida. Aqui estavam anotadas as ações de cada momento meu, grande ou pequeno, com um detalhe que a minha memória não poderia igualar.
Fui tomado por uma sensação de admiração e curiosidade, acompanhada de horror, quando comecei a abrir arquivos aleatoriamente e explorar os seus conteúdos. Alguns me trouxeram alegria e agradáveis memórias; outros uma sensação de vergonha e arrependimento tão intensa que até olhava por cima do ombro para ver se havia alguém observando.
Um arquivo chamado “Amigos” estava ao lado de um marcado “Amigos a quem traí”. Os títulos variavam de mundano até os mais esquisitos. “Livros que eu li”, “Mentiras que contei”, “Conforto que ofereci”, “Piadas de que eu ri”.

Alguns eram até hilariantes na sua exatidão: “Coisas que gritei contra os meus irmãos.” De outros eu não pude rir: “Coisas que fiz movido pela raiva”, “Coisas que murmurei contra meus pais.”
Eu sempre ficava surpreso pelo conteúdo. Frequentemente havia muito mais fichas do que eu esperava. Algumas vezes havia menos do que eu desejava. Fui esmagado pelo volume completo de vida que havia vivido. Haveria a possibilidade de eu ter tido o tempo nos meus vinte anos de escrever cada uma destas milhares, possivelmente milhões, de fichas?
Mas cada ficha confirmava esta verdade. Cada uma delas estava escrita com a minha própria caligrafia. Cada uma assinada com a minha assinatura.


Quando eu abri o arquivo chamado “Canções que ouvi”, eu me dei conta de que os arquivos cresciam em profundidade para caber o seu conteúdo. As fichas estavam guardadas bem apertadas, e ainda assim ao final de dois ou três metros, ainda não tinha chegado ao fundo da gaveta. Eu a fechei, envergonhado, nem tanto pela qualidade da música, mas pela enorme quantidade de tempo que eu sabia que aquele arquivo representava.
Quando cheguei a um arquivo chamado “Pensamentos Impuros”, senti um frio correr pelo corpo. Abri o arquivo apenas uns dois centímetros, sem querer testar o seu tamanho. Arrepiei com o conteúdo detalhado. Me senti mal só de pensar em que um momento como aquele tinha sido registrado.

De repente senti uma raiva quase animal. Um pensamento dominava a minha mente: “Ninguém jamais deverá ver estas fichas! Ninguém jamais deverá ver este quarto! Tenho que destruí-las!”
Com uma fúria insana puxei o arquivo para fora. O seu tamanho não importava agora. Eu tinha que esvaziá-lo e queimar as fichas. Mas ao pegar o arquivo numa ponta e batê-lo no chão, não consegui deslocar nenhuma ficha. Fiquei desesperado e tirei uma ficha, apenas para descobrir que ela era forte como o aço quando tentei rasgá-la. Derrotado e absolutamente desamparado, guardei o arquivo no seu lugar.
Apoiando a testa contra a parede, soltei um longo suspiro de autocomiseração. E então eu o vi. O título dizia: “Pessoas a quem compartilhei o evangelho.” O puxador estava mais brilhante que aqueles ao seu redor, mais novo, quase sem uso. Eu puxei a gaveta e saiu na minha mão uma pequena caixa de no máximo oito centímetros de comprimento. Eu podia contar as fichas em uma mão.
E então vieram as lágrimas. Comecei a chorar. Os soluços eram tão profundos que a dor começava no estômago e me sacudia todo. Caí de joelhos e chorei. Gritei sem constrangimento, por causa da esmagadora vergonha de tudo aquilo. As fileiras de gavetas dos arquivos giravam em meus olhos cheios de lágrimas. Ninguém jamais deveria saber deste quarto. Eu devia trancá-lo e esconder a chave.
Mas então, ao limpar as lágrimas, eu O vi. Não, por favor, Ele não. Não neste lugar. Qualquer um, menos Jesus.
Eu assistia, sem poder fazer nada, enquanto ele começava a abrir os arquivos e ler as fichas. Eu não aguentava ver a Sua reação. E nos momentos em que consegui olhar na sua face, eu vi uma tristeza mais profunda do que a minha. Parecia que Ele intuitivamente ia para as piores caixas. Por que Ele tinha que ler cada uma delas?
Finalmente Ele se virou e me olhou lá do outro lado do quarto. Ele olhou para mim cheio de compaixão nos olhos. Mas esta era uma compaixão que não me deixou irado. Abaixei a cabeça, cobri o meu rosto com as mãos e comecei a chorar de novo. Ele se aproximou e colocou o Seu braço em volta de mim. Ele poderia ter dito tantas coisas. Mas não disse uma palavra. Apenas chorou comigo.
Depois Ele se levantou e voltou para a parede de arquivos. Começando em uma ponta do quarto, ele tirou um arquivo e, de um em um, começou a assinar o Seu nome em cima do meu em cada cartão. “Nãaaaao” eu gritei, correndo em sua direção. Tudo que consegui dizer foi: “Não, não” enquanto tirava a ficha da sua mão. O nome Dele não deveria estar nestas fichas. Mas lá estava ele, escrito em vermelho tão rico, tão escuro, tão vivo. O nome de Jesus cobria o meu. Estava escrito com o Seu sangue.
Ele delicadamente pegou a ficha de volta. Ele sorriu um sorriso triste e continuou a assinar as fichas. Acho que jamais compreenderei como Ele o fez tão rapidamente, mas no próximo instante parecia que Ele fechava o último arquivo e voltava para o meu lado. Ele colocou a sua mão no meu ombro e disse:
“Está consumado!”

Me levantei, e Ele me guiou para fora do quarto.
Não havia tranca na porta. Ainda havia fichas a serem preenchidas.
Para pecadores como você e eu, existe uma boa notícia: Cristo pagou a nossa dívida. Ele cobriu o nosso pecado com o Seu sangue; Ele se esqueceu do passado. A pureza começa hoje. “Portanto, deixemos de lado as obras das trevas e revistamo-nos da armadura da luz.” (Rm 13:12) Reconhecidamente alguns terão mais para deixar de lado do que outros – mais memórias, mais sofrimentos, mais desgosto. Mas o passado não precisa determinar o futuro. Nós temos escolhas neste momen­to sobre como viveremos. Será que vamos colocar o nosso co­ração em Deus e andar em Seus caminhos? “Comportemo-nos com decência,” continua a passagem de Romanos, “…não em orgias e bebedeiras… Pelo contrário, revistam-se do Senhor Je­sus Cristo e não fiquem premeditando como satisfazer os desejos da carne.” (Rm 13:13-14)
Nenhum de nós pode se apresentar diante de Deus completamente puro. Todos somos pecadores. Mas independente de quão imundos sejam os trapos da nossa violação, em um momento de verdadeira entrega, o coração voltado para Deus perde a sua impureza. Deus nos veste na retidão de Cristo. Ele não vê mais os nossos pecados, Ele transfere a pureza de Jesus para nós. Então se veja como Deus o vê – vestido de branco radiante, puro, justificado.
Talvez você tenha um momento específico na memória que continua a atormentá-lo, algo que faz com que não se sinta merecedor do amor e perdão de Deus. Não permita que o passado seja vencedor. Esqueça-o. Não fique revivendo aquele momento ou outros como aquele. Se você se arrependeu de todos aqueles comportamentos, Deus prometeu que não mais se lembraria deles (Hb 8:12)
Siga em frente. Uma vida de pu­reza o aguarda.

by Joshua Harris.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Tamar, qual o final da sua historia?

Em 2 Sm 13:1-22, está escrito a historia de Amnon e Tamar, ambos filhos de Davi.
É aquele tipo de historia de partir o coração.
Um irmão que se apaixona loucamente pela própria irmã.
E pior, ele se aproveita de sua inocência e bondade, e violenta sua vida .
Que terrível situação a dessa moça.
Sua pureza foi violada.
Sua identidade rasgada. Seu coração despedaçado.
Sua cabeça coberta de cinzas.
Suas vestes de alegria trocadas por um espírito angustiado.
A filha do rei, agora perdida e sem vida.

Que final teve Tamar?
Esta foi a pergunta que fiz a Deus nestes dias, quando estava em discipulado. 
A Bíblia não relata como foi o final dos seus dias.
No verso 20 apenas diz “... Assim ficou Tamar esteve solitária em casa de Absalão." 
Estudando a palavra "solitária" encontrei alguns sinais de como talvez foram os dias de Tamar. 
A palavra no hebraico utilizada é "samem". Este adjetivo corresponde ao verbo "samem". 
Pode ser usado para descrever tanto uma terra quanto objetos que foram destruídos. 
As conotações aqui são de uma extrema destruição que tem efeitos duradouros. 
Verbo que significa ser desolado, ser destruído. 
A desolação ou destruição a que se refere este verbo pode ser usada tanto para pessoas como para lugares. Desolada e destruída!!! 
Quem já passou algum abuso físico ou emocional sabe muito bem o que significam estas duas palavras.
Quando perguntei a Deus porque na Bíblia não estava escrito sobre o fim dos dias de Tamar, Ele me levou a um caminho. 
"Escreva você um final para Ela!" 
É como se Ele tivesse deixado um mistério no ar de propósito. 
Na verdade, Ele nos deixa escrever um final pra essa historia. 
E você Tamar, qual final você dará pra sua historia? 
Talvez você faça parte da lista daqueles (a) que passaram por algo parecido. 
Alguns conseguem esconder das mais diversas formas. 
Outros se mostram pervertidos repetindo com outros, o que lhe fizeram. 
E existem aqueles que perderam completamente sua identidade sexual. 
Desolação e destruição... Corpo, alma e espírito desolados e destruídos. 
Você perdeu tudo um dia. Sua infância foi saqueada. 
Coisas foram despertadas em você antes do tempo apropriado. 
Você se sente culpada (o) com tudo que aconteceu. 
Você não sabe mais quem você é. 
Sua vida emocional é um poço de desequilíbrio. 
"Amnon" ainda está por perto te atormentando. 
Você não consegue confiar em ninguém. 
Você tem escondido sua dor nos estudos ou no trabalho, tentando sempre ser o melhor, ou a melhor. 
Seu sorriso é mascarado. 
Você tem procurado em romances fajutos a satisfação e o preenchimento do seu ser. 
Mas eu tenho boa noticias! 
São muitos os textos bíblicos que nos empurram a dar um final feliz para historia de Tamar. 
O Pai não quer que você sobreviva assim. 
Ele quer que você viva uma vida em abundância. 
"Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. 
“Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.” Isaias 53: 4,5 
"Não temas, porque não serás envergonhada! Te esquecerás da vergonha da tua mocidade! 
 Toda ferramenta preparada contra ti não prevalecera; e toda língua que se levantar contra ti em juízo, tu a condenaras!" Isaias 54 
O sangue de Jesus te purifica novamente! 
O Pai celestial afirma sua identidade! 
O Espírito Santo restaura seu coração! 
Em sua cabeça colocará uma coroa e te devolverá ao lugar de honra! 
Suas vestes serão de louvor e a alegria do Senhor será sua forca! 
"Não mais a chamarão abandonada, nem desamparada a sua terra. 
Você, porém, será chamada Hefziba, e a sua terra Beula, pois o Senhor terá prazer em você, e a sua terra estará casada." Isaias 62:4 
 A escolha é sua, qual final você Dara pra sua historia? 
Quero só te dizer que quando Jesus entra na vida de alguém, ele coloca tudo no seu devido lugar. 
Ele é o único que nos completa completamente! 
"Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas." 2 Co 5:17 
Existe cura pra sua dor! 
Existe uma eternidade feliz te esperando! 
Uma nova história Deus tem pra você Tamar! 
Amem! 

 Lindsay Rosa 

terça-feira, 30 de julho de 2013

Só tu tens as palavras de vida eterna!

Eu realmente não tenho pra onde ir sem o Senhor.
É impressionante como a opção "desistir" é superada por esse verso da Bíblia.
"Só tu tens as palavras de vida eterna!"
Quando entendi isso minha vida mudou!
Apesar das fraquezas, erros e conflitos, meu desejo é ser alguém melhor a cada dia, mesmo que tenham dias que não sou tão boa como deveria.
Confesso que me agarro nas palavras do Senhor pra prosseguir, pois sei que essa vida aqui não se compara com a eternidade com Ele.
E quantos posso levar comigo?
Não sei! Mas quero poder cooperar de qualquer forma (bíblica) pra levar pessoas a essa vida eterna.
Existe uma satisfação quando sinto o coração Dele bater em oração por alguém. Isso não tem preço.
Me sinto gente, me sinto filha.
Não pelo fato de ser "usada" por Ele, mas pelo fato de estar junto Dele.
...
Ai ai ai como eu preciso Dele!
...
É bom ver seu agir amoroso e sobrenatural em nós e nos outros.
É bom ser estragada pro mundo.
Eu só sei que eu quero mais de Deus e menos de mim.
Com ou sem "algumas coisas" a vida continua e o meu alvo continua sendo Cristo.
E eu anseio pelo o dia que sua Presença gloriosa irá me agarrar e me puxar pra mais perto.
Não me importo se em vida ou em morte, isso é o que mais quero.
Posso estar talvez quem sabe começando a enlouquecer... espero que sim!
Mas com os pés no chão e o coração no céu, eu quero viver uma vida de santidade, dependência e humildade .
É muito bom poder ser igreja.
Que o Pai encontre em nós alguém que Ele procura!
...
Que o nosso espírito nos conduza ao arrependimento sempre que for preciso!

Lindsay Rosa

terça-feira, 25 de junho de 2013

Haverá uma explosão

37 E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: 
Se alguém tem sede, que venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. 
[João 7:37-38]

Deus quer explodir com tudo dentro de nós.
Ele está como uma forte corrente de água prestes a arrebentar uma represa.
É real e isso é muito sério.
Existem coisas em nós que precisam sumir e outras que serão encharcadas, lavadas e enxaguadas pelas águas do Rio de Deus.
Ás águas estão fluindo!
O Rio está se movendo!
O Rei está voltando!
O tempo de dar a luz está pra chegar!
Não da mais pra perdermos mais tempo com as coisas dessa terra que são passageiras.
É necessário correr, pois a glória está nos nossos ombros.
Diante das más noticias anunciemos as boas novas do Senhor Jesus.
Não podemos andar pelo nosso próprio entendimento, precisamos andar por fé!

Duas frases tem mexido comigo nesses dias.
"Suas lágrimas são para molhar o vaso!"
"Uma explosão no seu interior!"

Lembrei que na Bíblia sempre que é falado sobre água o negócio é sério, muito sério por sinal.
O rio em Ezequiel, o mar vermelho, o dilúvio, o rio que sai do trono de Deus, e etc
Jesus chama a si próprio de água da vida no evangelho de João.
E ainda declara que quem beber da água nunca tornará a ter sede; pelo contrário, a água que ele dar será uma fonte a jorrar para a vida eterna.
Deus gosta de água! (o Espírito de Deus pairava por sobre as águas) Gn 1:1.

Sabem o que descobri?
Que muitas vezes a água que tanto precisamos é exatamente aquela que cai de nossos olhos, quando flui do coração arrependido que reconhece sua total necessidade e dependência; um coração que recebe o fogo ardente do coração do Pai.
O Espirito Santo quer explodir nossa represa com a água viva que é Jesus.
Vamos nos jogar nesse Rio!
Vamos nos perder nessa correnteza de amor e graça!




domingo, 19 de maio de 2013

O Chamado!!!


Ai ai ai
“O que ser isso?“.
Será que tem haver com as sinalizações que recebemos desde a infância?
Lembro bem de quando era criança de um texto do meu livro de Português que tinha como titulo “Tem gente morrendo Ana!”.
É claro que na época a sala inteira ficou fazendo hora com minha cara até mudarmos de matéria. Mas será que isso já era “um chamado” para mim? Um sinal? [vou nem mentir que pensei nisso esses dias! kkkkkkkkkkkk]
Hummmmmm
Será que ele acontece de acordo com nossas escolhas?
Enfim...

Só sei que passei muito tempo da minha vida procurando “o chamado”.
É bem verdade que existem coisas especificas que cada cristão de acordo com suas habilidades irá exercer no Reino, mas a busca pelo “chamado” que por muitas e muitas vezes desvinculei do Ide (Mt 28:19,20) de Jesus, utilizei pra tentar justificar minha inoperância e improdutividade, pelo simples fato de dizer que não sabia, ou que Deus ainda não tinha me revelado nada concreto a esse respeito.
O que geralmente acontece é que as pessoas fazem uma confusão entre o chamado e o serviço especifico no Reino. [E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, Ef 4:11]
É interessante, como nós cristãos temos uma capacidade fenomenal de conseguirmos desculpas ou justificativas para fugirmos das responsabilidades que nos são confiadas.
Eu mesma passei tempo demais fugindo e me escondendo atrás de habilidades que nunca me levaram a cumprir esse chamado. Uma gordura espiritual que durante muito tempo só me fez perder a fome e a sede pela vontade do Pai.
Pois é...
Existe o chamado!
Depois de ler as escrituras é difícil dizer que não.
Certa vez perguntaram a Sophia Muller (missionária no Amazonas) sobre seu chamado e ela respondeu, “eu apenas li uma ordem e obedeci!”.
...
Ao ler as cartas de Pedro fiquei extasiada e indignada ao mesmo tempo, pelo fato de nunca ter parado e atentado para tão profundo ensinamento.
Se nesses dias parei “minhas atividades” pra saber de Deus “qual é? qual foi? Porque que tô nessa?”, me envergonho em dizer que tudo estava ali na minha frente e que bastava eu parar com Ele, ouvir seu coração e ser levada a sua palavra, que eu teria as respostas que eu tanto queria. [Vou chamar isso de preguiça espiritual]
Todas minhas perguntas foram respondidas?
Claro que não!
Porém, mais do que nunca tenho a plena certeza de que Deus é soberano e conhece todas as coisas. Sei que as respostas estão Nele.
...
Leia este texto, por favor, de 2 Pedro 1:3-11 e as outras referencias que acrescentei logo em seguida.
3 Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou por sua glória e virtude,
4 pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, e  havendo escapado da corrupção, que, pela concupiscência, há no mundo,
5 e vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude, o conhecimento,
6 e ao conhecimento, o dominio proprio, e ao dominio proprio, a paciência, e à paciência, a piedade,
7 e à piedade, o amor fraternal, e ao amor fraternal, a caridade.
8 Porque, se em vós houver e aumentarem estas coisas, não vos deixarão ociosos nem estéreis no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.
9 Pois aquele em quem não há estas coisas é mentalmente cego, nada vendo ao longe, havendo-se esquecido da purificação dos seus antigos pecados.
10 Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.
11 Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no Reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
1.3: Jo 17.3; 1Ts 2.12; 4.7
1.4: 2Co 3.18; Ef 4.24
1.5: 2Pe 3.18;
1.7: Gl 6.10; 1Ts 3.12; 1Jo 4.21
1.8: Jo 15.2; Tt 3.14
1.9: 1Jo 2.9,11;  1.9: Hb 9.14; 1Jo 1.7
1.10: 1Jo 3.19; 2Pe 3.17
Fazendo essas coisas nunca, jamais tropeçareis! Em tempo algum tropeçareis!
Ai ai ai
Qual é o chamado?
A resposta está nas palavras do Mestre:
19 Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do  Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
20 ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém!  [Mateus 28:19, 20]

Não estou aqui tentando convencer ninguém.
Minha intenção é apenas compartilhar algo que o Senhor me ensinou.
Sei que muitas pessoas estão confusas e até perderam a fé em meio as circunstâncias  por não saberem o “seu chamado”.
Quero concluir dizendo que todos nós temos um chamado.
Esse chamado é universal!
Agora, como vamos fazê-lo, aconselho você a buscar essas respostas no seu lugar secreto, estudando a palavra em oração, e também ouvindo sua liderença.

Não podemos é jamais, esquecer, que só Ele tem as palavras de vida eterna!

Busque-o que você encontrará o que tanto procura!

Abração,
Lindsay Rosa