Devocional Diário

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Emoções!!!

Emoção, é uma experiência subjetiva, associada ao temperamento, personalidade e motivação. A palavra em inglês 'emotion' deriva do francês émouvoir. Que é baseada do latim emovere, onde o 'e- (variante de ex-) significa 'fora' e movere significa 'movimento'. O termo relacionado motivação é assim derivado de movere.

Não existe uma taxionomia ou teoria para as emoções que seja geral ou aceite de forma universal. Várias têm sido propostas, entre elas:

* 'Cognitiva' versos 'não cognitiva'
* "Emoções intuitivas" (vindas da amígdala) versos "emoções cognitivas" (vindas do cortex prefrontal)
* "Básicas" versos "complexas": Onde emoções básicas em conjunto constituem as mais complexas
* Categorias baseadas na duração: Algumas emoções ocorrem em segundos (ex. surpresa) e outras levam anos (ex. amor)

Existe uma distinção entre a emoção e os resultados da emoção, principalmente os comportamentos gerados e as expressões emocionais. As pessoas frequentemente se comportam de certo modo como um resultado direto de seus estados emocionais, como chorando, lutando ou fugindo. Ainda assim, se podem ter a emoção sem o correspondente comportamento, então nós podemos considerar que a emoção não é apenas o seu comportamento e muito menos que o comportamento não é a parte essencial da emoção.

O que a Bíblia a diz:
“Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, juntas e medulas, e é apta pra discernir os pensamentos e as intenções do coração do homem." Hb 4:12
"Sobre tudo que se deve guardar, guarda o teu coração (centro das emoções), porque dele procedem as saídas da vida." Pv 4:23

A Bíblia fala a respeito do coração alegre (Êx 4.14), do coração amoroso (Dt 6.5), do coração medroso (Js 5.1), do coração corajoso (Sl 27.14), do coração arrependido (Sl 51.17), do coração ansioso (12.25), do coração irado (19.3), do coração avivado (Is 57.15), do coração angustiado (Jr 4.19; Rm 9.2), do coração gozoso (Jr 15.16), do coração pesaroso (Lm 2.18), do coração humilde (Mt 11.29), do coração ardente pela Palavra do Senhor (Lc 24.32) e do coração perturbado (Jo 14.1).Todas essas atitudes do coração são, antes de tudo, de natureza emocional.
Uma pessoa emocionalmente desequilibrada é um terror!
Nós não podemos ser controlados por nossas emoções.
Não temos como fugir delas, mas podemos aprender a lidar com elas.
Nunca caminharemos em triunfo se elas forem o centro das atenções em nossas vidas.
É através da palavra de Deus e do Espirito Santo que podemos disciplinar nossas emoções.
E isso é possível gente!

Abração a todos,
Lindsay Rosa

"Tudo é dominado pela presença (…) daquele cujo nome nunca poderei escrever sem o receio de ferir a sua ternura, aquele diante do qual tive a sorte de ser um filho perdoado, que se esforça para aprender que tudo é uma dádiva" André Frossard.