Devocional Diário

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Quando sou fraco é que sou forte!

Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte. 2 Coríntios 12:10





Eu queria ser forte o tempo todo...
Eu queria não sentir ...
Que ilusão...
Só existe alguém que é supremo e esse alguém é Deus.

Esse inicio de ano está sendo um pouco complexo para mim.
Eu não vejo nada com meus olhos naturais...
A unica "coisa" que eu vejo é o Senhor meu Deus.
Bom, pela ótica do Salmista eu estou bem. "olharam para Ele, e foram iluminados" Sl 34:5
Mas sabe de uma coisa, eu me regozijo nas minhas fraquezas, porque é exatamente nelas que Deus é glorificado.
Mesmo quando estou impotente e me contorcendo em minha alma, Deus está ali sempre me ajudando e ensinando algo para que eu cresça Nele.
As circunstâncias podem até me atormentar, mas o que irá fazer a diferença será a minha postura no meio delas. 
Perdas, Tristezas, Decepções, Traições, Mentiras, Raiva, etc
Infelizmente são coisas das quais eu não posso fugir.
Mas graças a Deus que eu já encontrei o caminho...
Deus é bom!
Algumas semanas atrás estava lendo o Salmo 63 e quando vi já estava cantando aquelas frases no meu coração, peguei o violão e:
"Tu és meu Deus, eu te busco intensamente
A minha alma tem sede de ti
Todo o meu anseia por ti, como a terra seca e exausta
Quero te contemplar ver tua glória e teu poder
Pois teu amor é melhor que a vida
Por isso te exaltarei, enquanto eu viver te bendirei
E em teu nome levantarei as minhas mãos."

Esta foi minha oração/canção de inicio de ano.
E pelo visto irei canta-la bastante durante 2011.

Mas ele me disse: "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. 2 Coríntios 12:9

Eu quero e vou fazer 2011 valer a pena, não por mim, mas pelo Senhor.
Que a sua vontade seja feita aqui na terra como no céu.

Um abraço a todos,
Lindsay Rosa