Devocional Diário

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Um desabafo!

Desabafo...
Segundo o Aurélio é
Ato ou efeito de desabafar; desafogo, desabafamento.
(Ação de desafogar; diminuição do trabalho, de um peso físico ou moral; folga, alívio, desabafo: trazer desafogo.)
Irei então desafogar minha mente e diminuirei o meu trabalho mental.
hehehe


Por que as pessoas não querem crescer?
Por que preferem ficar na imaturidade?
Por que se importam tanto com a opinião dos outros?
Por que preferem ficar lambendo suas feridas?
Por que a opção "PERDÃO" nunca é escolhida?
Por que é melhor ouvir e aceitar o "não precisa disso" ou "o tempo cura todas as coisas" ou "eu não consigo"?
Por que as coisas ruins e erradas [pecado] são sempre escolhidas?
Por que não entendem que é pecado o "NÃO PERDOAR"?
Por que preferem o ciúme em vez da compreensão?
Por que preferem o tratar mal em vez do dialogo?
Por que preferem empurrar as porcarias pra debaixo do tapete em vez de escolher a exposição para que venha a cura?
Por que não compartilham seus problemas com aqueles que podem ajuda-las?
Por que quando estão feridas escolhem conversar com outras que também estão feridas?
Por que tanto medo de conversar [se aconselhar] com as autoridades? [sejam pais, lideres, etc]
Por que?
Por que?
Por que escolhem ouvir o diabo e não a Deus?
Por que escolhem o pecado em vez da santidade?
Por que escolhem a dor em vez da paz?
Por que escolhem o isolamento em vez de escolherem a ajuda?
Por que escolhem a mentira em vez da verdade?

Oh Deus! Oh Deus!
Perdoa-nos!
Tem misericórdia de nós!
Deus eu não quero fazer essas escolhas!
Ajuda-me!
Eu decido não fazer essas escolhas!
Eu decido escolher Jesus!
Eu decido escolher o Perdão!
Eu decido escolher a Cruz!
Eu decido pelo amor, não o sentimento mas a atitude.

Isso tudo me fez refletir sobre o sacrifício do Cordeiro. Será que nós estamos honrando o Senhor com nossas escolhas?

Um abração a todos,
Lindsay Rosa